Reprodução/Internet

Vereador Felipe Wellaton, que atualmente está no PV pode ser aposta do Cidadania para prefeito de Cuiabá

Carlos Martins

O projeto nacional do Cidadania, visando às eleições presidenciais em 2022, passa pela conquista de prefeituras das capitais para fortalecer o partido. Nessa linha, a agremiação, em Cuiabá, busca a definição de um candidato a prefeito e o nome pode ser o do vereador Felipe Wellaton, que atualmente está no PV.

“Fizemos o convite ao vereador Felipe Wellaton para que ele possa vir compor os quadros. O diálogo está muito profícuo, a gente acredita que é possível, sim. Ele vai avaliar, porque ele tem propostas de vários partidos, e ainda está filiado ao PV. Então, a gente respeita muito isto, mas o diálogo está avançando”, disse o presidente do Cidadania em Mato Grosso, Marco Marafon, em entrevista ao Programa Resumo do Dia, da TV Brasil Oeste.

Segundo Marafon, as articulações estão avançando com a perspectiva de se construir alternativas ao poder. Antigo PPS (Partido Popular Socialista), o Cidadania está se organizando e se renovando e a orientação nacional é lançar um candidato próprio em Cuiabá.

Ex-secretário estadual de Educação na gestão Pedro Taques, Marafon disputou as últimas eleições para o cargo de deputado federal, e descarta lançar seu nome para a majoritária. “O momento agora é de reorganizar a vida, não sou candidato, mas estou muito feliz com esta renovação que o partido está fazendo, com cursos de formação politica para pessoas, porque o que interessa é justamente preparar as pessoas com qualidade para que elas possam desempenhar bem o papel quando exercer o cargo”, ressaltou.

Marafon salientou que o Cidadania vem organizado, também, o movimento das mulheres, buscando a inclusão, para que o partido possa oferecer à sociedade alternativas, “uma terceira via que seja democrática, inclusiva, e bastante moderna e inovadora”. Para isso, a legenda vem trabalhando na montagem de uma chapa especial.

O presidente estadual do Cidadania reforça que a perspectiva de candidatura própria para prefeito da Capital faz parte de um grande projeto nacional para o ano de 2022. “Nós colocamos como terceira via brasileira, uma terceira via inovadora, que dialoga. A gente vê um ambiente muito radicalizado entre os extremos e estamos indo contra o radicalismo”, disse Marafon.

Presidido nacionalmente pelo ex-deputado federal Roberto Freire, o partido tem conversado com o apresentador da TV Globo Luciano Huck, que pode ser o candidato a presidente em 2022.  “Temos certeza que nacionalmente o partido vai ter uma candidatura em 2022. Para isso, precisamos de prefeitos nas capitais. A nacional já determinou que nós vamos ter uma candidatura própria em Cuiabá”, concluiu Marco Marafon.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário