Reprodução/Internet

Leilão de bens de Silval já tem interessados

G-1

Sem interessados em arrematar os imóveis do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, que foram entregues à Justiça, o Judiciário reduziu os valores dos lances iniciais pela metade. Os bens foram entregues por ele como forma de ressarcir os cofres públicos.

O apartamento em um condomínio de luxo, no Bairro Três Américas, em Cuiabá, que, antes tinha lance inicial de R$ 1.202, agora está recebendo lances a partir de R$ 601,1 mil. A mansão, que fica em Matupá, a 696 km de Cuiabá, e ocupa três terrenos, tinha lance inicial de R$ 2.440 milhões. O valor agora caiu para R$ 1.220 milhão.

O primeiro leilão, que não recebe nenhum lance, foi realizado entre os dias 18 de setembro e 14 de outubro. Como não teve interessados, um novo leilão foi lançado, na última quarta-feira (16) e seguirá até o dia 31 deste mês.

Com a redução do valores dos imóveis, já aparecem interessados. Até esta segunda-feira (21) sete propostas foram feitas para arrematar o apartamento, sendo que a mais alta é de R$ 750 mil. Já a casa recebeu um lance, no valor inicial de R$ 1.202.

O ex-governador foi condenado a 13 anos e sete meses de prisão por liderar uma organização criminosa que desviou mais de R$ 2,5 milhões dos cofres públicos por meio da concessão fraudulenta de incentivos fiscais a empresários por meio do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic).

O crime, investigado na Operação Sodoma I, ocorreu durante a segunda gestão de Silval, entre os anos de 2011 e 2014. Como confessou a participação no crime e firmou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), Silval cumpre a pena em regime domiciliar diferenciado, não podendo se ausentar da sua residência sem autorização da Justiça e devendo ser submetido ao uso de tornozeleira eletrônica em tempo integral.

Silval teve a prisão domiciliar decretada mediante a entrega dos bens.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário