Reprodução/Internet

Pivetta assumi o Governo e diz; “Não vai mudar a música”

Da Redação

O governador Mauro Mendes (DEM) “passou” o comando do Palácio Paiaguás, sede do Poder Executivo de Mato Grosso, ao vice Otaviano Pivetta (PDT), em ato na manhã desta quinta-feira (19).

Mauro Mendes viaja nesta mesma quinta-feira a Nova York, nos Estados Unidos, para Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), que deve ter início na próxima segunda-feira (23).

“Olá meus amigos estamos aqui no Palácio Paiaguás ao lado do nosso vive Otaviano Pivetta. Estamos transmitindo neste momento o cargo para o vice Otaviano Pivetta que está respondendo como governador do Estado de Mato Grosso do dia 19 ao dia 26 quando nós estaremos indo a Nova York representar o Estado lá na conferência do clima. Assuntos importantes ligados ao meio ambiente e a imagem do Estado de Mato Grosso”, diz Mauro Mendes em vídeo.

“Tenho certeza que o Pivetta com a sua experiência e a sua competência vai conduzir ainda melhor o Estado de Mato Grosso”, finalizou Mendes.

Em poucas palavras, Otaviano Pivetta lembrou que possui um “compromisso com a sociedade” e comparou a gestão Mauro Mendes a um “concerto” de música. Em sua avaliação, o Estado, que está em fase de “conserto”, não deve “mudar a música”.

“Nós temos um compromisso com a sociedade, que o Mauro está conduzindo com brilhantismo. Como você diz estamos num trabalho de conserto do Estado. ‘Concerto’ sugere uma música. Então não vou nem mudar a música. Vamos continuar ‘concertando’”.

O vice ainda brincou com o Secretário de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), Rogério Gallo, que também estava presente no ato que conduziu Pivetta ao comando do Governo. Ele chamou o secretário da Sefaz-MT de “Paulo Guedes Mato-grossense”, em referência ao Ministro da Economia do Governo Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes.

Otaviano Pivetta é empresário e ex-deputado estadual. Foi ex-prefeito de Lucas do Rio Verde por quatro vezes, tendo finalizado sua última gestão na Prefeitura com mais de 80% de aprovação da população.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário