João Vieira

Mauro não bate martelo no apoio a Júlio Campos ao Senado

Thiago Andrade do GD

Com a possível confirmação da cassação da senadora Selma Arruda, o ex-governador Julio Campos (DEM) já começou a se movimentar nos bastidores para ser o candidato do DEM ao Senado Federal. No entanto, o principal nome do partido em Mato Grosso, o governador Mauro Mendes (DEM) ainda não bateu o martelo sobre apoio à candidatura do ex-governador.

Segundo Mauro, todos que cumprem os requisitos legais, inclusive o ex-governador, podem pleitear à vaga. Para Mauro, os partidos políticos fazem, neste momentos, o papel que lhes cabem, que é o de buscar internamente os nomes para a provável disputado.

“O Julio já se apresentou? ótimo! Ele tem toda uma história (na política). Mas, haverão outros candidatos. Eu como governador do Estado de Mato Grosso não estou focado em debate eleitoral”, disse.

Mauro destacou que nem se sabe quando a eleição vai ocorrer e que ele tem problemas mais reais aos cidadão para resolver em curto prazo, como colocar as contas do governo em dia.

O governador já havia manifestado preferência pela candidatura do ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) ao Senado. Fávaro foi companheiro de chapa de Mauro Mendes em 2018, deixou a base do então governador Pedro Taques (PSDB) e o cargo de vice para ser candidato ao Senado ao lado de Mendes. Fávaro ficou em terceiro lugar na disputa.

O mandato de Selma foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e a decisão está em fase de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Procuradoria Geral da República (PGR) já manifestou pela manutenção da cassação e realização de novas eleições.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário