Reprodução/Internet

Bolsonaro seguirá afastado da Presidência por mais 4 dias

R7 Notícias

O presidente Jair Bolsonaro continuará afastado da Presidência por mais quatro dias por determinação da equipe médica que acompanha a recuperação da cirurgia de tratamento de uma hérnia incisional na região do abdome. No período, o vice-presidente, Hamilton Mourão, seguirá no exercício do cargo.

Apesar da determinação, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que Bolsonaro “evolui positivamente”. Ele afirmou que o adiamento do retorno ao cargo acontece “com a finalidade de proporcionar maior tempo de descanso” ao presidente.

Mais cedo, Rêgo Barros mencionou que Bolsonaro deveria reassumir o posto já nesta sexta-feira (13) de dentro do hospital. “O presidente assumirá, a partir de amanhã, a Presidência da República”, afirmou ele, que também confirmou a viagem de Bolsonaro para partiripar da Assembleia Geral da ONU em Nova York, no dia 24 deste mês.

Nesta quinta-feira, Bolsonaro continua recebendo alimentação pelas veias após passar alguns dias se alimentando com dieta líquida, com gelatina, chás e caldo ralo, procedimento que foi suspenso devido a dificuldades apresentadas no funcionamento dos intestinos do presidente.

Leia a íntegra da nota:

Nota à Imprensa

A recuperação do Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, evolui positivamente. Entretanto, a equipe médica da Presidência da República decidiu manté-lo afastado do exercício da função de chefe do poder executivo, por mais quatro dias, a contar de 13 de setembro de 2019, com a finalidade de proporcionar maior tempo de descanso

São Paulo, 12 de setembro de 2019

Otávio Santana do Rêgo Barros

Porta-Voz da Presidência da República“.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário