Reprodução/Internet

Estudantes realizam paralisação em Cuiabá contra cortes na educação

Ana Flávia Corrêa do GD

Nesta terça-feira (13), estudantes e professores participam do 3º ato em defesa da educação em Cuiabá. Movimento nacional é um protesto contra os cortes anunciados pelo Ministério da Educação, do Governo Federal.

Manifestação está prevista para as 14 horas, na Praça Alencastro, no centro da Capital. Com isto, aulas nas universidades e institutos federais serão paralisadas.

Protesto é decorrente do anúncio feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre os cortes de 30% da educação. Isto faz com que o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) deixe de receber R$ 31 milhões, enquanto a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) tenha um deficit de R$ 34 milhões.

As duas instituições, conforme já anunciaram seus reitores, têm funcionamento inviabilizado por falta de dinheiro para manter recursos básicos, como água e energia.

No primeiro protesto, que aconteceu no dia 15 de maio, mais de 6 mil pessoas participaram da mobilização. No outro, no dia 30d o mesmo mês, outras 2 mil estiveram presentes.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário