Divulgação

MT é o único Estado que dá incentivo para o comércio

Noelma Oliveira e Pablo Rodrigo

O governador Mauro Mendes (DEM) revelou que tem intensificado as conversas com setores da economia, até com a Assembleia Legislativa, para desmistificar o projeto de reinstituição dos incentivos fiscais. Ele diz que desde fevereiro passado uma equipe técnica está debruçada para elaborar e chegar a proposta que está em tramitação na Casa de Leis.

Em entrevista à imprensa, o governador sustentou que 90% das empresas existentes em Mato Grosso não serão afetadas pelo projeto. “Mato Grosso é o único Estado brasileiro que dá incentivo para o comércio. Isso não existe em lugar nenhum”, reforçou. Mauro citou ainda que o projeto corrige “anomalias”.

Segundo ele, o ex-governador Silval Barbosa confessou à Justiça que vendeu incentivos fiscais para alguns setores. “Nós estamos corrigindo isso”, acrescentou. “Nós estamos muito convicto que fizemos uma lei robusta, eu não quero aqui criticar nenhum governador, não conheço a realidade de outros estados, mas nós preferimos um caminho mais longo, mas mais correto, depois de estudar muito”, explicou. Ele afirma ainda que o projeto traz segurança jurídica e transparência.

Segundo Mendes, os mesmos ajustes existentes no projeto, em alguns estados simplesmente foram feitos por decreto. “Nós fizemos uma lei muito mais inteligente, simples, sensata . É óbvio que estamos cortando aquilo que não é incentivo fiscal e que não faz sentido para o desenvolvimento de Mato Grosso”, ponderou.

Ainda, segundo o governador, o trabalho agora tem sido mais para desmistificar as mentiras levantadas. Ele citou também sobre uma nova empresa de etanol que está próxima a se instalar em Mato Grosso. “O Estado tem o menor imposto sobre o álcool no Brasil”, reitera.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário