Divulgação

Governador se reúne com deputados e promete pagar parte das emendas impositivas

Da Redação Sávio Saviola

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM) afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) prometeu encontrar uma solução para pagar parte das emendas impositivas, que somam R$ 128 milhões a serem incluídos no orçamento anual de 2019.

A declaração de Botelho ocorreu logo após reunião, na quarta-feira (10), em que Mauro apresentou a realidade financeira do Estado aos deputados estaduais.

“Foi discutida e o governador disse que vai estudar um termo para pagar. Não tem condições de pagar tudo, mas vai pagar uma parte disso”, revelou Botelho.

O anúncio ocorre 10 dias após os parlamentares derrubarem com ampla maioria, por 18 votos a 2, o veto do governador às emendas. Até então, os deputados estavam revoltados porque Mauro decidiu vetar, parcialmente, 50% das emendas sem comunicar o Parlamento. Em meio à polêmica, o Palácio Paiaguás respondeu apenas que não tem recursos suficientes para bancar o pagamento neste momento de crise econômica.

No entanto, os deputados afirmaram que conhecem a situação financeira por qual passa o Estado, mas argumentam que as emendas é um direito dos deputados, como já ocorrem em outros Estados e no Congresso Nacional. A derrubada do veto, segundo Assembleia, foi uma forma de forçar o Palácio Paiaguás a negociar parte destes recursos, como ocorreu na quarta-feira.

A derrota do Governo foi comemorada por parlamentares da oposição. O petista Valdir Barranco declarou que a votação mostrou a independência do Poder Legislativo.

Janaina Riva, que faz parte da base aliada do Governo, afirmou que a emenda é a oportunidade do parlamentar mostrar seriedade para o eleitor ao indicar obras para os municípios e lembrou que no Governo Pedro Taques (PSDB) – ao qual fazia oposição – teve parte do recurso negado, o que não deve ocorrer em nenhuma gestão.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário