Divulgação

Projeto de Botelho e Janaína para Mesa Diretora ganha força

Janaiara Soares-GD

Embora não fosse esse o objetivo, o jantar que reuniu deputados novos e antigos e o governador eleito Mauro Mendes (DEM) na casa do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), na noite da última terça-feira (6), serviu para fortalecer o projeto do parlamentar democrata à reeleição e aproximá-lo ainda mais das pretensões de Janaína Riva (MDB) de ocupar o cargo de primeira-secretária da Mesa Diretora.

Também presente, Guilherme Maluf (PSDB), que tem seu nome na disputa, tem tido dificuldades em dialogar com os novatos, mas garante que mantém a candidatura.

Na ocasião, Mendes garantiu que não vai interferir na disputa, apesar da sua “simpatia” pela candidatura de Botelho, seu correligionário. O atual presidente do Legislativo tem, não só se aproximado de boa parte dos novos parlamentares, como ganhado apoio dos que permanecerão na AL. Com isso, o democrata já não teria mais tanta resistência em se unir a Janaina Riva, que foi quem primeiro aglutinou parte dos deputados de primeiro mandato.

A disputa pela Mesa Diretora, no entanto, ainda deve passar pelo debate sobre uma proposta de mudança no regimento interno, que visa proibir o revezamento de deputados entre o cargo de presidente e de primeiro-secretário. Janaina é uma das que se posiciona a favor da medida. “Precisamos acabar com esse vício e vamos apresentar essa mudança”, disse a emedebista.

Perguntado sobre a busca por apoio à reeleição, Botelho disse que essa não foi a pauta do jantar e que só deve pensar no assunto depois que conseguir colocar em dia as votações pendentes na Assembleia ainda deste ano.

Já Guilherme Maluf reconheceu a pouca proximidade com os futuros novos colegas e se posicionou contra as mudanças que parte deles querem promover. “Muitos estou conhecendo ainda, mas mantenho a minha plataforma de propostas”, disse. “Acho que falta conhecimento sobre a Mesa Diretora e como funciona o Parlamento”, completou em referência à ideia de limitar a alternância entre os cargos.

Nos bastidores, o comentário é que não só por essa postura Guilherme Maluf já estaria em segundo plano na disputa pelo comando da Assembleia. O tucano também estaria enfrentando resistência por ser correligionário do atual governador Pedro Taques (PSDB), que tentou, mas não conseguiu se reeleger.

Também estiveram no jantar os deputados Max Russi (PSB), Dilmar Dal Bosco (DEM) e Alan Kardec (PDT), todos reeleitos, e os novatos Paulo Araújo (PP), Eugênio de Paiva (PSB), João de Matos (MDB), João Batista (SD) e Faissal Calil (PV).

A eleição dos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa está prevista para ocorrer no dia 1º de fevereiro de 2019, no mesmo dia da posse dos 24 eleitos.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário