Divulgação

Operação Polygunum prende mais quatro por fraudes na Sema

Da Redação

Quatro mandados de prisão e seis de busca e apreensão são cumpridos na manhã desta sexta-feira (24), pela Polícia Judiciária Civil na segunda etapa das investigações desenvolvidas pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e o Ministério Público Estadual, referentes à fraudes ambientais. As fraudes estão relacionadas ao Cadastro Ambiental Rural.

A operação denominada Polygunum cumpre as ordens judiciais em Cuiabá, em endereços residenciais e escritórios de pessoas que atuam como responsáveis técnicos da área ambiental. A investigação tramita sob sigilo judicial absoluto.

A operação é coordenada pelos delegados Alessandra Saturnino, Gianmarco Paccola Capoani e Liliane de Souza Santos Murata Costa e conta com apoio operacional da Polinter.

1ª  FASE
A primeira fase da Operação Polygunum foi deflagrada no dia 13 de agosto. Na ocasião três servidores da Sema foram detidos. São eles: João Dias Filho, ex-superintendente de Regularização e Monitoramento Ambiental; e os assessores técnicos Alan Richard Falcão Dias e João Felipe Alves de Souza.
Todos eram exclusivamente comissionados e foram exonerados um dia após a operação.

 


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário