6ºCR/Cáceres

Bandidos são preso com arsenal de armas comemorando assassinato de empresário

Da Redação

No início da tarde desta segunda-feira (17.10), no bairro Jardim Cidade Nova, em Cáceres, policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º Comando Regional) apreenderam um arsenal de armas. Além disso, prenderam dois homens e uma mulher que suspostamente estariam comemorando a concretização de um assassinato e planejando assaltos.

O homicídio ocorreu às 8h30, no bairro Santa Cruz, dentro da Elite Sound Car, uma empresa de instalação e conserto de som automotivo. Udson Hildebrando Júnior, proprietário da empresa, foi morto com diversos tiros. O funcionário dele, eletricista de carro Leandro Aparecido da Costa Antônio, de 24 anos, foi atingido no braço esquerdo, mas sobreviveu.

Por meio de denúncia anônima, os policiais militares chegaram até a residência dos supostos envolvidos. Lá, apreenderam uma espingarda calibre 12, uma espingarda calibre 22 marca CBC Magtch, duas espingardas de pressão, três capas de arma de fogo, além de 37 munições, sendo 16 de calibre 12, 20 calibre 22 e uma munição de calibre 38.

Também foram apreendidos dois rádios comunicadores, dois carregadores de munições calibre 22, lanternas, uma luneta, celulares, uma lixadeira, um tablet, um capacete preto e uma motocicleta preta Suzuki Yes 125.

Essa ação empregou 15 policias, sob o comando do major Mauriti de Campos Lima, comandante do 6º Batalhão e duas equipes da Força Tática. Quando os policiais chegaram ao local encontraram os acusados Alex Naves Ferreira, de 31 anos, e Adevilson Ferreira de Souza, de 29 anos, na porta da residência.

A revista feita na casa levou a descoberta das armas e outros equipamentos descritos. Os policiais também detiveram uma mulher, E.S., de 26 anos, que supostamente mantém relacionamento amoroso com Advilson. Um menino de dois anos, que seria filho do casal e também estava na casa, está sendo assistido pelo Conselho Tutelar.

A pessoa que fez a denúncia, cuja identidade não foi revelada, informou que além de celebrar o homicídio contra o empresário Udson Hildebrando Júnior, o trio planejava praticar assaltos na região. Os três acusados, as armas e demais equipamentos foram entregues à Delegacia de Polícia Civil para prosseguimento das investigações.

Assassinato

Udson havia acabado de abrir as portas da empresa quando um carro Fiat Uno, modelo antigo, cor branca, parou na frente do prédio. Um homem usando capuz, luva, roupas pretas e uma gandola (farda militar utilizada na parte superior do corpo) camuflada verde oliva desceu do carro, carregando um fuzil. Ao perceber a presença do assassino, Udson refugiou-se atrás do funcionário Leandro.

O rapaz contou que o assassino começou a atirar por trás da cabeça dele, de cima para baixo, até que atingiu o empresário diversas vezes e o feriu no braço esquerdo. Gravemente ferido, Udson ainda correu até a calçada, onde caiu morto.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Escreva um comentário